Tags

Estou mesmo cheia de vontade de ir a Buenos Aires. Taí uma das cidades que mais gosto no mundo. Ok, sei que sou modesta, mas fazer o quê, gosto mesmo… Gosto de andar pelas ruas, entrar nas livrarias, nas “confiterías”, sentar na praça e não fazer nada. Gosto do cheiro da cidade no verão, na primavera, no inverno, no outono. E tão bom sentir as estações como elas são!

Da última vez que lá estive com Carol me arvorei em um passeio pela Feira de San Telmo…

Nada a ver. I-m-p-o-s-s-í-v-e-l. Tudo bem quem não se importa de andar no meio da multidão com uma criança de 3 anos, cheia de energia, a um passo de se perder no meio daquele povo todo. Mas para mim não dá. Além disso, quem consegue ver alguma coisa e se distrair? Ela, até que estava gostando (macaco quer banana?). Adorou colocar moedas nas caixinhas dos homens estátuas e vê-los se mexer, beijar a mãozinha dela…

Só sei que não tive a menor dúvida, peguei a mocinha, peguei um taxi e direto para a Recoleta.

 NA RECOLETA

 Primeira parada, Pátio Bulrich, na Calle Posadas. Almocinho leve em mesa no corredor do Shopping para a Carol poder ficar solta. Como é um shopping claro e mais vazio, fica mais fácil andar com a Carol e dar uma olhada nas lojas. Ela adorou entrar na loja da Imaginarium. Loja de brinquedos adorável mesmo… 

Aproveitei para comprar roupas fofas para a filhota, na Cheeky, na Mimo & Co e para mim…não deu para ver nada dessa vez.

Saindo do shopping, numa linda tarde de domingo, lá fomos nos duas caminhar pelas ruas da Recoleta até a praça Intendente Torcuato de Alvear (uns cinco quarteirões, mais ou menos). Neste local há vários pontos turísticos, a sua escolha (o famoso cemitério da Recoleta, a igreja Del Pilar, o Centro Cultural com varias lojas de decoração legais…). Mas escolhemos nos sentar na grama e ouvir um som que estava “rolando”, acho que era um reggae. Até a madrinha e o primo chegarem de San Telmo. 

DISCOVERY KIDS

Outro dia em que os adultos foram “bater perna” e aproveitar as comprinhas, peguei o taxi (muito tranqüilo pegar taxis em Buenos Aires, principalmente pedindo no hotel) e lá fomos nós duas passar a manhã no Discovery Kids (Av. Federico Lacroze 1648/50, quase esquina com Calle Migueletes – de terça a domingo, de 11h às 20h).

Ela brincou muito com as recreadoras na brinquedoteca enquanto eu fiquei brincando na internet no andar de baixo – tem wireless e eu levei meu IPhone…).

Depois, ela fez um lanchinho lá mesmo (Uma hora de brincadeira sai por 25 pesos e 30 pesos com direito ao lanchinho). Comprei uns jogos legaizinhos do Mister Maker e caminhada pelo bairro.


Bom demais! Você sai do Discovery Kids e volta até a Migueletes, dobra a esquerda nela e caminha… Caminha até a Calle Maure, entra aqui, volta por acolá, toma um sorvete… Este é o bairro Las Canitas.

Por ali tem o shopping Solar de la Abadia, e ótimos restaurantes para almoçar.

JARDIN JAPONES

 Outro dia fomos nós, andando (como se anda em Buenos Aires!) da Rua El Salvador, onde estávamos hospedados, até o Jardim Japonês. Na volta não teve jeito, tivemos que pegar um taxi.

 As crianças adoram. Um jardim bonito, bem cuidado, as pontezinhas vermelhas e, imperdível, dar comida para os peixinhos. Peixinhos? Parecem umas baleias!


E isso foi tudo. Foram apenas 4 dias, entre chegadas e despedidas. O hotel onde ficamos (Palermitano) fica em uma rua tranqüila, no meio de Palermo, entre mil e uma lojas maravilhosas. Muito agradável, confortável, aproveitamos bastante o café da manhã na cama…

Anúncios