A alma de uma casa, dizem, é a cozinha. A mais pura verdade! Aconchegante, colorida, cheirosa… Lugar que frequentamos desde a mais tenra idade, ainda no colo da mami, enquanto ela preparava a mamadeira. Quando começamos a engatinhar são os primeiros armários, logo ali, ao alcance das mãozinhas, a serem explorados. Repletos de brinquedos interessantes: panelas, colheres, plásticos coloridos. Não há dúvidas: é lugar de se brincar!

Recentemente comprei um livro da Eloisa Alemany, diretamente de Buenos AIres: Amarillo Limón el Sol. Um manual para cozinhar com crianças. Ela mostra como brincar e aprender na cozinha. E como ela mesma nos conta em seu blog – amarillolimonelsol.blogspot.com: “Quando se cozinha se põe em jogo a essência desta atividade: os sentidos. As texturas das massas, os sabores, os diferentes aromas, os sons e as cores têm domicílio nesse lugar da casa. O susto e a surpresa de ver o efeito do fermento ou as mudanças de cores e consistência após ter ido ao forno dão lugar a interessantes diálogos entre crianças e adultos em uma atividade compartilhada.”

Como tudo nos dias de hoje, o que não falta é fonte com informações spbre o assunto: o que fazer com crianças na cozinha. É só entrar em uma boa livraria que já tem até setor próprio: culinária + crianças. Na internet também, dá para passar dias recolhendo receitas, dicas e idéias para se fazer com as crianças dentro de uma cozinha.

E para facilitar e economizar tempo a Muito o que Fazer tem kits de cozinha prontinhos para brincar e aprender um monte de coisa legal, inclusive cozinhar!

As brincadeiras têm níveis de dificuldades diferentes de acordo com a idade da criança: quanto mais nova, mais o adulto deverá intervir…

São 12 kits de cozinha: cupcakes, chocolate chips cookies, panquecas americanas, pão de queijo, pipocas coloridas, bolo de caneca, gelatina, macarrão, picolé, torrão de açúcar, biscoitos, pudim.

Anúncios